02/02 – Mestre Hilarion

O que os Mestres Ascensos dizem sobre a Mediunidade e as Incorporações?

“Amados. Há muito para dizer-vos sobre a mediunidade humana. Há muitas considerações a serem feitas. Nem tudo é o que parece, e o mundo espiritual pode ser extremamente libertador como completamente escravizador, dependendo de qual lado vós escolheis atuar. A força da luz e a conexão com a cura da própria alma, conduz os humanos a libertação espiritual e energética. Aqueles que se dispuserem a viver a espiritualidade como fonte de luz e cura, a viverão em plenitude e em constante elevação espiritual. Mas aqueles que a verem como um problema ou um peso a ser carregado, colocará uma carga energética negativa neste dom que vos foi concedido. Aqueles que trabalham a mediunidade como forma de usurpir as pessoas e trazer informações e situações constrangedoras ou falsas, mais cedo ou mais tarde, receberão tudo de volta. A forma como a espiritualidade foi construída no mundo dos homens é ainda muito primata, e pouco sabem sobre a verdade dos outros planos da existência. É necessário muito cuidado e muito conhecimento para conseguir atuar neste propósito existencial. É preciso muito cuidado e muita cautela ao escolher onde colocar a atenção. Abrir os ouvidos, os olhos e o coração para quem está próximo é diferente de abrir o corpo, os chakras, e a alma para receber outros seres. Falo-vos de incorporações de espíritos errantes do terceiro e do quarto plano. Todos os espíritos que vagam pelos planos da existência é porque estão em busca de aprendizado, assim como vós, almas encarnadas. Estes espíritos querem aprender, evoluir, e muitas vezes, se divertir. Abrir o corpo para qualquer tipo de ser sem saber quem é, o que quer, e o que veio fazer, é de imensa irresponsabilidade humana. Hoje, posso vos dizer a verdade que antes não nos era permitida. Incorporar é um ato extremamente perigoso. Existem bons seres em contato com humanos, mas existem também maus seres em contato com humanos. Mestres ascensionados, anjos, arcanjos, elohins, seres elementais de luz e seres cósmicos de luz não incorporam em humanos. Apenas espíritos que tem apego ao plano terrestre, arrependimento, culpa, ou qualquer outro baixo sentimento que os fazem querer retornar a Terra e assumir novos corpos. Estes espíritos querem agir para a evolução deles, através dos corpos de quem se dispuser ofertar. Quem oferecer o seu próprio corpo como morada para outro espírito, está oferecendo a sua própria casa, para outra pessoa morar, usufruir, acertar, errar, aprender. Qualquer coisa. As pessoas que escolhem fazer isso com o próprio corpo estão denegrindo a imagem e a vontade de Deus, que ofereceu todo este perfeito palácio para vós habitartes. Oferecer o corpo como forma de entrega a seres de baixa frequência, é inescrupuloso. Cuidado com as vossas escolhas, amados irmãos. Cuidado com os seres e os espíritos que tentam vos envolver em ciladas. Trabalhai as vossas curas pessoais, o vosso discernimento, o vosso conhecimento, e sempre, sempre e sempre, agi com sabedoria. Jamais permitais que outros seres se apossem do que é vosso, por direito, por merecimento, por escolha divina. Protegei vossas almas. Mantenhai vossos espíritos fortes, equilibrados, e estáticos. Não permitis que vosso espírito seja retirado de vosso corpo, para dar espaço a alguém que não recebeu a dádiva da vida na Terra. Trabalhai vossa mediunidade com cautela e observação. Não atuais sem permissão divina. Jamais ofereceis a vossa sanidade em troca de obrigações maléficas de seres de baixa energia. Atuai com discernimento, e conhecimento. Atuais sempre, com força espiritual, e comprometimento com a verdade, com a justiça e com responsabilidade. Sois responsáveis por vossos corpos, vossos olhares, vossos ouvidos, e principalmente pela evolução de vossas almas. Não sucumbais à força do mal. Não sucumbais à ignorância. Sejais fortes e bem resolvidos. Curai vosso passado, para purificar vosso corpo. Não desistais da vida na Terra, não desistais de vossa evolução. “

02/01/21 – Mestre Serapis Bey

Mestre, como perdoar quem me machucou? E como aceitar as pessoas como elas são?

“Esta é uma das mais complicadas partes da vida terrestre. Principalmente quando há pureza em vossos corações. Aceitar que outros seres são capazes de praticar atos de insolência, egocentrismo e violência são apenas alguns exemplos da falta de luz nos corações dos homens. Mas o que digo-vos é o seguinte: vós também errastes no passado. Também fostes cruel. Em algum momento de vossas vidas passadas todos vós fizeram algo de errado. Erros graves. Mortes. Traições. Inveja, ambição, desejos. Tudo isso já fez parte de vosso histórico. Porém, muitos de vós já venceram estas etapas da aprendizagem e evolução humana. Se hoje senti-vos especiais, melhores, mais curados, mais compassivos, amáveis e puros, não quer dizer que fostes sempre assim. Muito pelo contrário. Se hoje sois do bem, é porque um dia já fostes do mal e já descobristes por si só que sem luz não há evolução. Sem luz não há crescimento, e muito menos alegria, leveza e sutileza. Estais cansado da maldade humana porque vós também já fostes ruim e sabeis que não há saída para a vida sem luz, sem amor, sem humildade, carinho e afeto. Lembrai-vos, amados, que esta vida não é a única que vivestes. Lembrai-vos, que esta vida é apenas a vida que tendes consciente. Todas as outras estão inconscientes. De toda forma, eu venho lembrar-vos que vossos passados não foram somente de flores. Sois o que sois hoje por tudo o que construístes ao longo de vossa evolução. Se hoje sabeis o que é certo, é porque fizestes errado, aprendestes e hoje não mais repitis os mesmos erros. Se fostes capaz de se perdoarem, de se libertarem da culpa, do medo, da angústia, por que não podeis libertar vossos irmãos do julgamento? Não sois melhor que ninguém, apenas mais evoluído. Se Jesus, o Cristo, perdoava, como sois capaz de não perdoar? A luz perdoa. A luz ama. A luz discorda, mostra o que é o certo, e aguarda que queiram ver a luz. A luz não insiste. Mas a luz ama. Sem medida, a luz ama. E quem tem luz no coração ensina a fazer o que é certo. Fala a verdade. Mostra a verdade sem julgamento. Fala o que é certo sem humilhação. A evolução é uma escada. E cada um de vós está em um degrau. Quem está abaixo, aprende com quem está acima. E quem está acima, tem a mesma responsabilidade, porém de ensinar a quem está abaixo. Ou seja, não há término na evolução. Todos tem o seu papel. Não há ninguém neste mundo melhor que alguém. Todos tem os seus aprendizados, processos e funções, do local onde estão. Portanto, se sabeis que o outro faz errado, o vosso dever é mostrar-lhe o que é o certo, perdoá-lo, aceitá-lo e deixar que ele faça as escolhas dele. E preocupai-vos em fazer as vossas escolhas com coerência e evolução. O processo evolutivo não tem fim. O ponto final é luz. Pura luz. E nenhum de vós é hoje pura luz. Portanto, amai-vos uns aos outros, e auxiliai a todos, que precisam, que merecem e que aceitam a mudança. Aos que escolhem as sombras, ame-os também, mas mantenhai-vos distantes. E quando eles quiserem a luz, mostrai-os a direção. A perfeição existe, mas ela não está no plano terrestre. Portanto, sejais sempre o melhor que podeis ser. Paciência é uma das grandes virtudes que um homem pode e deve desenvolver. Ela está no plano evolutivo, em todos os níveis. Sois capaz, basta querer. Com amor, Serapis Bey.”

01/02/21 – Mestra Pórtia

Como vencer o medo da solidão ou a sensação de abandono?

“A diferença entre ser e estar é algo muito profundo e importante de se considerar. Você está com medo de ficar só, por uma recém perda? Ou viveis com medo de ser só, desde sempre? Esta diferença é imensa, e importantíssima para iniciar um processo de cura e transformação. O mundo dos homens causa não só sentimentos elevados como amor e gratidão, como também momentos de tristeza. O mundo dual facilita que as duas energias estejam sempre presentes. Porém, o que o vosso livre arbítrio vos permitis, é que podeis escolher em qual energia quereis vibrar, e por quanto tempo. A tristeza existe. Ela vem, e se acomoda. Se sois uma pessoa feliz e grata pela vida e pelas oportunidades, vós conseguis compreender que esta tristeza tem um aprendizado. E o quanto antes aprenderdes, não mais a sentirás. Se a solidão que sentis é momentânea, deixai-a passar, e construais momentos felizes onde ela seja transformada em amor próprio. Quando vós vos amardes profundamente, não haverá mais solidão. Quando vós vos aceitardes profundamente, não haverá mais solitude. Momentos de tristeza e desamparo acontecem quando perdemos algo ou alguém que fez parte intesamente de nossa vida terrena. Mas quando esta dor não se esvai, ou quando esta solidão permanece, é o que chamamos de falta de amor próprio. E por que não vos amais inteiramente? Sempre há um motivo. Não vos perdoais pelo passado? Senti culpa por algo que fizestes? Ou pelo que deixastes de fazer? Para livrar-vos destes sentimentos é preciso coragem, foco, determinação e fé. É preciso compreender que todos os seres são passíveis de erros, ainda mais no plano terrestre. Todos erram. E todos são perdoados. A luz continua a brilhar, basta percebê-la. Todos são dignos de luz, de cura e de transformação. Se vos culpais por algo que fizestes, atuai em vosso karma com gratidão. Façais algo pelo outro. Façais algo para ajudar. Transformai a energia da culpa em energia de ação. Façais algo. Qualquer coisa. Por vós, e pelos outros. Sejais sempre o melhor que puderdes ser. Para vós mesmos, e para o próximo. Para libertar-vos dos sentimentos de solidão, aprendais a amar-vos. Ame o que há dentro de vós. Há muita tristeza? Rancor? Desespero? Transformai todos estes sentimentos em cura, libertação, perdão, alegria. Vós sois capaz. Tendes todas as forças da luz para vos auxiliarem neste processo. Se mesmo assim, o sentimento de abandono permanecer, buscai compreender vosso passado. Vossa infância. Vossos pais e mães. Mas não compreenda-os com vossa mente pensante e negativa. Compreenda-os com vosso coração. Perdoai-os. Se Jesus Cristo foi capaz de perdoar a todos que o fizeram mal, quem sois vós para julgar alguém? Fora do plano terrestre não há culpa, medo, rancor. Isso tudo é sentimento que os homens criaram para não curar. Onde há cura, há alegria e satisfação. Onde há cura, há empenho, aceitação, trabalho. Onde há cura, há amor próprio, felicidade e gratitude. Ser grato é ser livre de qualquer sentimento negativo. Sejais grato por tudo o que a vida já vos ensinou. E sejais sempre, e cada vez, melhor. Sem dúvidas, sem teimosia, sem tentativas de compreender tudo em vosso plano mental. Sejais amor, sejais a vossa própria cura. Onde há um coração expandido, em amor, força e sabedoria, há discernimento e propósito. Curai-vos e libertai-vos de toda e qualquer sensação que vós criastes para vos proteger do mal. Sejais luz. Para receber luz, é necessário que sejais luz, profunda e inteiramente. Que assim seja, porque assim é.”

31/01/2021 – Mestra Rowena

“A tristeza humana é oriunda de diversas questões internas. É 100% emocional. É 100% pertencente ao corpo emocional. Às vezes ela é despertada pelo chakra cardíaco, mas geralmente ela é despertada pelo chakra 1 (básico) e chakra 2 (sacral). Traumas, crenças e bloqueios limitam estes chakras e impedem que a pessoa torne-se inteiramente feliz. Quando estas emoções são trazidas dos chakras 1 e 2 elas podem ficar camufladas por muito tempo, e somente surgirem quando houverem gatilhos emocionais do dia a dia. A tristeza sem motivo aparente são geralmente ligadas a infância, ao amor de mãe e à proteção de pai. É preciso resgatar as memórias e aceitar a cura deste passado para liberar a energia de fluir com naturalidade nos chakras inferiores. A tristeza sem motivo aparente  é a mais perigosa, pois pode ocasionar síndromes de depressão, ansiedade, e doenças físicas como por exemplo o câncer. Cuidar do passado é essencial para uma vida leve e saudável. Para que a feilcidade preencha seu corpo por mais tempo, é necessário curar todas as perdas, e cuidar do amor próprio. Libertar-se das mágoas e aceitar a cura. É preciso mexer para poder curar. É preciso sentir-se amado por Deus, para poder amar ao outro. Quem sente-se abandonado, não tem capacidade de amar ao próximo. Cuidem de vossas feridas, e carreguem amor às vossas crianças interiores. Elas merecem que o amor divino as preencham todos os dias. Abri o vosso chakra para a cura, e recebei a luz com amor e paz. Eu recomendo-vos paciência convosco mesmos, e cuidado. Cuidar de vossas emoções passadas é cuidar de vossa felicidade do presente. Traumas de infância precisam de cura. Sensações de abandono precisam de transformação. Sois capaz de transformar qualquer sentimento, qualquer amargura, e qualquer abandono. Tendes o poder da autocura. Tendes o poder do amor próprio. Aos que não conseguirem sozinhos, buscai por ajuda. Terapias complementares podem ser essenciais. Trabalhai toda a leveza que o ser humano é capaz de ser. Resgate vossos valores, vossa essência e vosso bom humor. A alegria deve ser construída todos os dias. Um passo de cada vez. Sois capaz. Todos vós sois capazes. Libertar-se da dor é o maior presente que podeis dar a vós mesmos. Sejais fortes, empenhai-vos e dedicai-vos em vossa mudança. Este processo deve ser iniciado e curado, para que podeis aproveitar a vida como se fosse a única. Sou Rowena, e trabalho para o raio rosa, do amor incondicional. Oferto-vos o meu amor, e entrego-vos uma rosa. Se me permitirdes, eu a colocarei dentro de vosso coração agora. Permanecei em paz, e toda vez que sentirdes desamparado, lembrai-vos da rosa. A rosa que eu acabo de vos entregar tem o poder da cura. Aceitai esta rosa como preenchimento de vosso chakra cardíaco, e sintai-vos agora, importantes. Vós sois parte do universo, e esta rosa que eu vos ofereço, é um retorno que vos proponho. Se aceitardes a rosa, sereis luz. Se fordes luz, sereis compaixão, sereis amor, sereis comprometimento. Sejais comprometidos convosco mesmos e com o todo. Amai-vos uns aos outros, e amai-vos pela perfeição que sois. Transformai toda a lamúria em alegria. Tendes o poder. Tendes a rosa. Tendes a força do amor. Basta saber utilizá-lo. Sejais a própria luz em ação, sejais o puro amor divino. Preenchei vossos chakras com o puríssimo amor divino agora, e permanecei na fé. Onde há luz, há amor. Onde há amor, há cura e recomeço. Eu estarei convosco, acompanhando a vossa evolução. Hoje, amanhã e sempre. O meu interior, ama o vosso interior. Permiti que a rosa permaneça sempre viva, bem cuidada, e amada sob todas as formas. A vossa rosa, é de vossa responsabilidade. A regai, a cuidai, admirai, e a amai. Esta rosa é a representação de vossa criança interior. Se puderdes cuidá-la, amá-la e reconhecê-la, podereis curá-la.” 

28/01/21 – Mestre Buda Gautama

“Olá, queridos amigos. Sou Buda, conhecido como um rapaz simpático e tímido que optou pela iluminação ao invés da vida de príncipe. Não foi uma escolha fácil. Ninguém me apoiou. Fui visto como estranho, doente e diferente de todos. Sabeis que todos que são diferentes, são vistos como loucos, esquisitos ou simplesmente, desiguais. Eu venho para trazer-vos paz. Digo-vos que as melhores escolhas de vossas vidas geralmente não são as mais fáceis, mais comuns, mais bem-vistas pela sociedade. Mas venho aqui exatamente para dizer-vos que nem aos vossos pais vós deveis prestar contas ou esclarecimentos. As vossas escolhas devem basear-se na vossa fé e devoção ao nosso maior Deus, o nosso grande Pai. Somente vossa essência divina, conectada ao todo, é que poderá dizer qual é o caminho certo. O caminho que vós mesmos vos preparastes antes de vossas encarnações. Sabeis para que vieram? Quais elementos colocastes para vossa evolução? Sabeis que não viestes à passeio, certo? Então agora reflitais, para que viestes? Geralmente as mais complicadas tomadas de decisão de vossas vidas, muito quer dizer sobre vossos aprendizados. Geralmente, são necessárias quebras de barreiras, bloqueios e cura de crenças para que podeis ir ao encontro de vossa evolução. Estar na Terra não é fácil, amados, mas quando encontrais exatamente o vosso propósito, e fostes capaz de seguir tudo o que a luz vos orienta, sois capaz de ser felizes. Aqueles que encontram o ideal de vida e o motivo pelo qual vieram, sabem que a vida é a grande chance que tendes, e que o momento é único. O espaço é perfeito, as pessoas são as necessárias, e os desafios também. Para o crescimento acontecer, é necessário que cumprais todas as normas divinas, e todas as regras universais. Nem sempre as regras humanas são as mesmas. Portanto, concentrai-vos no que é melhor para o todo, e não somente para uma só pessoa, ou um só grupo ou comunidade. Sempre há o melhor caminho. Sempre há a melhor escolha. E para descobrí-las, lembrai-vos da minha história. Eu enfrentei uma sociedade inteira para poder ficar em paz debaixo de uma árvore. E vós, a quem deveis enfrentar para encontrar vossa paz? Não deixeis que pessoas, seres, monstros, espíritos ou qualquer sentimento ou pensamento baixo vos tire de vosso caminho. Todos vós tendes um caminho de luz, não deixeis jamais, que as sombras escureçam ele. Se derdes atenção a luz, e retirardes todas as sombras do caminho, não haverá dúvida, nunca mais.”

27/01/21

“Olá queridos humanos, somos do conselho galáctico Arcturiano. Como, pelo visto, fala-se muito sobre o que somos, da onde viemos, e para que é que ajudamos, viemos para justificar e explicar os nossos atos. Somos seres de luz, de amor e de compaixão. No nosso grau evolutivo, o auxílio aos centros de menor energia é o nosso patamar de vida. A missão da maioria de nós envolve o auxílio aos planetas que precisam de cura e recomeço. Somos capazes de fazer limpezas energéticas extraordinárias em vosso corpo emocional, e também físico, quando houver necessidade e merecimento. Não somos inovadores, já que outros inúmeros centros de cura também trabalham para a humanidade, como por exemplo, o centro Pleiadiano. Somos muito conhecidos por nossas tecnologias avançadas e principalmente por nosso grande poder de manifestação. Através de nós, é possível que o impossível faça-se possível. Explico-vos. Não há magia, e nem conhecimento técnico. Tudo aqui na nossa comunidade funciona eletronicamente. Há muito tempo que vivemos no futuro tecnológico. Nossas naves têm alta capacidade de cura e transformação. Nossos indivíduos têm grande capacidade de se regenerar em poucas horas de descanso mensal. Não somos robôs, pelo simples fato de sermos feitos de amor. Somos grandes, e isso nos faz carregar o peso da nossa existência. Existimos atualmente apenas para auxílio. Somos muitos. E estamos espalhados por inúmeros centros energéticos de cura. Alguns de nós encarnam nos países que precisam de mais ajuda, mais fé e mais amor. Somos muito devotos ao nosso maior Deus, o todo poderoso, Criador de tudo o que é. Respeitamos todas as leis cósmicas e acima de tudo, servimos aos polos mais fracos do mundo, enviando seres e naves de auxílio espiritual. Aos que desejam nos conhecer, basta que peçais por cura, e nós vos enviaremos à nossa câmara dourada. Todos podem ter acesso. Apenas percebam se vossa vibração está elevada o suficiente para se conectar conosco. A maioria dos pedidos terrestres nós ainda não somos capazes de ouvir, já que a frequência é extremamente diferente. Se não há amor no coração, infelizmente não conseguimos escutar. De qualquer forma, aos poucos a nossa intervenção será aumentada, e de pouco em pouco cruzaremos mais barreiras energéticas e conseguiremos auxiliar mais e mais seres de baixa frequência. Mas por enquanto, somente os conectados à luz divina é que podem nos alcançar. A nossa satisfação está em poder ajudar, e sempre que podemos encarnar, vivenciamos oportunidades incríveis de evoluir. Saber como os nossos irmãos vivem é essencial para sabermos quais tecnologias sois capaz de absorver. Ainda estamos aprimorando os nossos equipamentos para alcançar o maior número de pessoas possível. Ao vosso dispor, Arcturianos.”

24/01/21 – Serapis Bey (7 CORPOS)

“Hoje vamos falar sobre os 7 corpos da existência. Já ouviram falar? Pois bem, vou explicar. Para começar, melhor saberdes que tendes acesso apenas aos 4 primeiros corpos. Os demais, são apenas para seres humanos extremamente desenvolvidos e evoluídos espiritualmente, como por exemplo, Mestre Buda. Vamos então focar nos 4 corpos inferiores do ser humano. 

O primeiro corpo é o corpo físico. É o corpo que podeis ver, sentir e tocar. Neste corpo guardam-se as memórias físicas, como machucados e doenças. Estas feridas podem ter origem de acidentes do plano físico, ou por descuido dos demais corpos. 

O segundo corpo é o corpo emocional. É aqui que se instalam todas as vossas emoções. Este corpo tem ligação direta com seu chakra cardíaco. Tudo o que sentis fica registrado neste corpo. Da mesma forma que vosso corpo físico tem forma, vosso corpo emocional também tem. Se existem sentimentos de medo, culpa, rancor, fica tudo aqui registrado. E é por isso que de nada adianta camuflar sentimentos do passado deixando-os para trás. Se nao curastes, aqui eles estão. Eles podem permanecer aqui até o fim de vossa vida, como também podem ser trazidos para o corpo físico, caso haja um gatilho em vossa vida cotidiana. Eles podem chegar no corpo físico em formato de doença. Depressão, tristeza “sem motivo”, pânico, bipolaridade, câncer e desmotivação crônica são sintomas comuns de traumas do passado não curados. Se não forem curados nesta vida, permanecerão registrados em vossa alma para serem resolvidos em outra encarnação. Manter baixos sentimentos dentro de vosso corpo é aceitar a falta de harmonia em vossa vida. Eliminai tudo isso, com práticas de oração, perdão e manifestação de vossa essência divina. Acreditai, é possível transformar tudo em luz. Mas é preciso crer, e transformar. A cura vem pra quem buscá-la com fé e vontade. 

O terceiro corpo é o corpo mental. Neste corpo encontram-se todos os registros de vossa alma. Tudo o que foi deixado para trás em vidas anteriores estão aqui registradas. As crenças e bloqueios inconscientes estão aqui. Conforme forem surgindo gatilhos em vossa vida cotidiana, o corpo físico vai puxando o que há aqui registrado. Então crenças de vidas passadas podem ser trazidas se alguma situação de vosso dia a dia for semelhante ao que vivestes, traumatizastes e não curastes. O acesso ao corpo mental é feito somente em terapias profundas e com acompanhamento. O uso inadequado de expansores de consciência, como por exemplo alucinógenos (cogumelo) e chás de plantas (ayahuasca) acessam este campo de forma forçada e sem necessidade aparente. Neste caso podem ser abertas crenças que não estais preparados para abrir, por estarem fora de ordem, e de propósito.  

O quarto corpo é o corpo etérico. Neste corpo inicia-se a pureza de vosso ser. Aqui encontra-se vossa essência divina. Vossos propósitos maiores, profundos, de alma. Aqui vosso corpo começa a clarear. Se fordes uma alma guerreira, por exemplo, aqui está registrado. Um guerreiro de luz tem muita força para atuar no combate contra forças escuras. Então por exemplo, se um guerreiro de luz perdeu alguma batalha para o mal em alguma vida passada, esta crença está registrada no corpo mental. Se alguma situação do cotidiano, como por exemplo, a perda injusta de um emprego, acontecer, esta crença ressurge. Esta crença será sentida no corpo emocional como frustração, e no corpo físico pode trazer insatisfação, infelicidade e baixa auto estima, podendo ocasionar preguiça de agir.

Compreendem a complexidade dos corpos humanos? E é por isso que ainda não falarei sobre os próximos corpos. Aqui já tem bastante conteúdo para que podeis compreender um pouco mais sobre vossa existência. Deixo-vos bênçãos e muito amor. Busquem vossas curas, conforme sentirdes necessidade. Sem pressa, mas com continuidade e profundidade.”   

23/01/21 – Serapis Bey (CHAKRAS)

“Amados. Chakras o que são? São centros energéticos os quais recebem energia do Sol Central e distribuem para seus órgãos, promovem sensações e  guardam seus sentimentos. Chakras são pontos complexos humanos os quais guardam muita informação sobre vossa alma, vosso espírito e vosso dia a dia na Terra. É preciso muita atenção e muito cuidado ao colocá-los em evidência, e não é tão simples para compreendê-los. Expero que eu possa auxiliar. Iniciaremos com o chakra básico, que fica localizado na base da coluna. 

Este chakra fala sobre sua relação com as bases. Base familiar, passado, histórico, aprendizados, profissional, e é extremamente relacionado à matéria e ao plano físico. É a conexão entre o céu e a Terra. Este chakra quando desalinhado pode causar dores na base da base da coluna. Quando sente-se resistência à mudança ele também pode se manifestar com dor. Do ponto de vista espiritual, este chakra desarmônico causa infelicidade, desmotivação e insatisfação crônica. A sua cura pede por acesso ao passado, cura da figura masculina e aceitação do plano terrestre. É indicado que traga-se movimento para esta região, para que a energia transcorra com mais facilidade. Não há cura sem movimento interno de mudança e transformação. 

Chakra 2 é o chakra que vos conecta com vossa alma, que traz vosso passado kármico, aprendizados e crenças. É a figura da mãe, da filha, do feminino e da sensibilidade. Se este chakra está doente, senti-vos com baixa auto-estima, pouco amor próprio e insegurança. Para tratá-lo é necessário que façais atividades que vos deem alegria, que gostem e que se sintam bem, para que iniciai vosso reencontro com vossa essência. Curar a relação com a mãe é essencial. 

Chakra 3 é o plexo solar. Vamos fazer uma analogia. O chakra 1 vos conecta com a Terra. O chakra 2 vos conecta com vossa essência, e o chakra 3? Este vos conecta com o externo. É a forma como vós vos conectais com o mundo externo. A forma como exprimi a vossa energia e a forma como recebeis a energia externa. É o “filtro da máquina de lavar roupa”. É preciso mantê-lo limpo, caso contrário, energias que não são suas permanecem em vosso corpo. Sintomas de filtro sujo: impaciência, nervosismo e tristeza sem motivo. Mas atenção, nem tudo é externo. A desconexão convosco mesmo (chakra 2) fará com que exponhais ser o que não são. 

“Chakra 4 é o grande conector entre os chakras inferiores (referente a todas as bases físicas do ser humano) com os chakras superiores (de menor densidade). O chakra cardíaco é o grande responsável pelo desenvolvimento de sentimentos elevados como a misericórdia e o perdão. Aos que guardam rancor, mágoa e tristeza tendem a sentir o “coração apertado”. Para tratar, basta querer elevar os sentimentos. É necessário esforço e dedicação. Colocar-se no lugar do outro é o primeiro passo para o perdão. Aceitar que todos são passiveis de erros, é o segundo passo. Atentem-se. Curem. Evoluam.”

“Chakra 5 é o chakra da comunicação. É a forma como vós vos comunicais. É a forma como espressais vossos sentimentos. Para uma comunicação clara, límpida e amorosa, vosso chakra laringeo deve estar conectado com vosso chakra cardíaco. Se tendes dificuldade em ser agradável ao vos comunicar é porquê há ferida em vosso coração e o vosso laringeo conecta-se com vosso chakra mental para falar. Atenção à cura e a suavização da sua fala. 

“Chakra 6 é o Mental. E também a intuição divina. Estar em harmonia com este chakra é saber dosar o racional humano com a intuição de alma. Sintomas de estresse, ansiedade e depressão geralmente tem predominância racional e desarmonia espiritual. Este é o chakra da sanidade mental. Àqueles que têm maus pensamentos com frequência tendem a ser infelizes e predispostos a doenças psíquicas. O uso de remédios alopáticos podem ser recomendados para auxiliar na harmonização.”

“O chakra 7 é a conexão com o todo, com Deus, com a luz. Como preferirdes chamar. Este é o centro mais poderoso energético que tendes e qualquer um de vós é responsável por mantê-lo aberto. Sem fé este chakra reprime a luz e desconhece-a como fonte de energia. O recomendado é manter práticas de oração e meditação para fortalecê-lo.” 

22/01/2021 – Elohim Cassiopéia

“Queridos seres, sois feitos de luz e de amor. Quando primeiro se desprenderam do Uno, éreis apenas uma partícula pura de amor divino. Poderíeis brilhar com tamanha intensidade, que vossa presença era intensa e única. Mas éreis muito pequeno. Com o tempo, fostes tomando forma, ganhando corpos, missões e aprendizados. Vossa alma se formou e vossas experiências vos compuseram de história e manifesto. Hoje estais em um corpo físico ao qual deveis dar atenção, bem como aos outros corpos de vossa existência. Deveis dar atenção aos vossos chakras, e a tudo o que vossa alma já viveu. Deveis curar vossos machucados e fechar vossas feridas. Deveis permitir que aquela luz inicial volte a brilhar com força, e com o tamanho ainda mais expandido. Sois a diversidade, a alternância, as escolhas, e a própria cura. Se puderdes ampliar vossa consciência e sentir-vos parte do todo novamente, observareis que já ampliastes muito em tamanho e aprendestes a lidar com vossas variadas formas e vivências. Fostes o melhor que pudestes ser, em todos os momentos de vossa criação. Mas hoje, a vossa atual questão é: estais cuidando de vossos corpos? Expandindo vosso intelecto? E vosso coração, também? Lembrai-vos sempre que a grande vitória é o retorno à luz, da forma que saístes dela, porém maior e mais perfeito. Estais no caminho certo? Ou estais perdido com as dificuldades da vida terrena? Buscai vossa cura, amados, e jamais deixe vós próprios para depois. Vós sois o mais importante assunto que deveis cuidar. Hoje e sempre.”

14/01/21 – Mestre Saint Germain

“Amados, feliz em ver todos vós reunidos em busca desta experiência divina e graciosa. Sou Saint Germain, nem todos me conhecem mas posso dizer que sou um bom redentor. Trabalho há muitos milênios para a luz e sirvo aos homens com imensa gratidão e alegria. Meu maior prazer é poder vê-los assim, conectados com a luz divina e preenchendo vosso ser de paz, saúde, pureza e perfeição. Hoje trago-vos orientações para que vivais vossas vidas com mais leveza, agraciados por paciência, fé e coragem. Se tiverdes paciência, terão leveza em vosso caminhar, e vice e versa também. Estas qualidades andam juntas, e quando separadas, trazem um enorme desequilíbrio. Passai a observar os motivos que os faz perder a paciência, e os motivos pelos quais os fazem perder a leveza. A paciência é provavelmente a mais complicada de ser alcançada no mundo dos homens, já que existem influências negativas a todo instante. Quando descobrirdes da onde vem a falta de paciência, buscai a vossa cura. Dou-vos um exemplo: está tudo bem, e alguém entra em vosso campo energético de energia extremamente baixa. Se fordes sensível, sentirás em um primeiro momento um choque energético. Manter a calma para tomar as decisões cabíveis no momento é primordial. Se puderdes manter a calma e conectar vossa intuição com o divino, obterás a resposta da luz sobre como sair desta situação. Mas se ficardes nervoso e descompensar vossa energia, serás incapaz de ouvir o que vosso anjo tem a dizer. Em muitos casos, o recomendado é permancer fora das situações. Quanto menos envolvimento com seres de baixa frequência energética tiverdes, melhor será para vossa permanência na luz. Mas, se não há outra alternativa, é apenas uma questão de treino. Se praticardes com muita dedicação, nada e nem ninguém vos tirará da calma, da luz e da paciência Crística. Treinai. Vós sois capazes. Sobre a leveza, amados seres cósmicos de luz, podemos falar em outra oportunidade com mais detalhes, mas hoje deixo-vos duas questões para que pensais a respeito: estais considerando que a vida na Terra é apenas uma breve passagem, ou estais vivendo esta vida como se fosse a única? Estais vivendo este plano físico como se fosse o único ou estais vivendo como se este plano fosse apenas uma parte do todo? Deixo-vos estas perguntas para que pensais a respeito. O peso ou a leveza, sois vós quem colocais, baseado no que acreditais. Eu vos abeçoo. Que assim seja.”